Acalmando os ânimos

Resolvi escrever mais um pouco, após a repercussão no facebook sobre a minha postagem de ontem a noite, em relação ao meu testemunho pessoal sobre racismo.
Percebi que a reação de algumas pessoas foi de revolta contra situação específica vivenciada na escola. A idéia original, ao escrever o meu desabafo não foi de enfatizar esta experiência específica.
O que quis (e acredito que consegui) foi abrir os olhos de todos para um assunto que nossa sociedade insiste em "varrer pra debaixo do tapete".
Resolvi levantar o tapete e jogar a sujeira no ventilador, para que, todos juntos pudéssemos começar a limpar, de verdade, esta sujeira que insiste em impregnar a nossa sociedade.
Devemos, antes de julgar qualquer pessoa, olhar para dentro de nós mesmos e buscar visualizar onde nos enquadramos neste contexto todo.
Devemos nos perguntar se nós também, em algum momento de nossas vidas, já vivenciamos o nosso lado racista.
Devemos nos conscientizar de que todos nós, brancos, negros, índios, orientais, somos vítimas de um mal que um dia se instalou em nosso meio e até hoje não foi eliminado.
E este mal nos ensinou e embutiu em nossas mentes e corações o engano que os brancos são superiores a todas as etnias e os negros inferiores a todas elas.

Sheilla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram