Nada pra ver por lá.

Outro dia, na casa de uma pessoa que "não é racista", estava olhando um quadro onde ela emoldurou o mapa-mundi. Neste quadro, ela fixa afinetes com pontas coloridas para lembrar onde viajou pelo globo. Achei a idéia fantástica e observei que os alfinetes disputavam espaço entre américa e europa. Iniciamos o diálogo:
Eu: Interessante como você gosta destes dois continentes, né?
Ela: É que fora destes dois continentes não há nada para ver.
Eu: Você pensa assim? Já eu não tenho o menor interesse em américa do norte e europa. Mas realmente, cada um com seu gosto pessoal.
E comecei a mostrar os países africanos, asiáticos e oceania, falando sobre o que eu gostaria de conhecer por lá e como sonho em visitar.
Hoje, vendo estas fotos no perfil de uma amiga, me lembrei deste episódio e minha vontade de conhecer Senegal aumentou ao ver esta maravilhosa estátua, a maior fora da Ásia e do Leste Europeu.
Um dia me darei o presente de conhecer a sala de parto da civilização (já que dizem que o berço é a Europa).

Sheilla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram