Pérolas Racistas

já imagino o tanto de gente achando que esta postagem é pra ele, mas digo que não é indireta pra ninguém - nem para os que conversei hoje, nem para os de ontem, nem para os do anteontem... É que são aquelas frases que nós, negros, temos de ficar ouvindo todo dia e de vez em quando vale a pena falar sobre.
"Os negros estão se colocando como superiores na sociedade"
R: me conta que sociedade é esta porque estou interessadíssima em conhecer.
"Hoje em dia não se pode falar nada"
R: Não pode mesmo. Se correr o risco de ofender, é melhor se calar. Afinal, ofender alguém é bem desagradável, mesmo que sem querer.
"Você devia falar de forma menos agressiva, para que as pessoas brancas não se ofendam"
R: Não estou preocupada com sentimento vitimista de pessoas que protagonizam as ofensas. Meu papo aqui é voltado para os negros e meu tom só muda se os pretos (ou qualquer outro público oprimido) se sentirem ofendidos. Caso contrário, sigo em frente. Minha preocupação é com os sentimentos de quem está machucado e não de quem está machucando.
Quando você diz "brancos sendo brancos", você está sendo racista como os que você critica.
R: não mesmo. Quando eu digo " brancos sendo brancos " apenas estou evidenciando comportamentos racistas relativamente comuns (em uma escala ou outra) de pessoas brancas. Quando digo "brancos sendo brancos" o intuito é evidenciar que brancos são racistas em sua essência, infelizmente. Creio que isso pode mudar sim mas, infelizmente, é o que temos pra hoje. Em contrapartida, quando brancos fazem referência à pretos, dizendo "tinha de ser preto", sabemos que o intuito não é evidenciar nada além da ignorância de quem o diz, ao diminuir a capacidade de alguém simplesmente pela cor de pele. Resumindo: uma expressão evidencia uma característica cultural de uma camada da população e a outra expressão, bem... a outra expressão é só para destilar ódio mesmo, sem um motivo real aparente.
" mas então brancos não podem falar nada?!"
R: claro que podem. Podem nos apoiar, reproduzindo nosso discurso ou compartilhando nossas postagens. Isso é um baita apoio. A pergunta que não quer calar é: eles dão conta de entender que os verdadeiros entendedores sobre o tema racismo são os negros? Eles dão conta de entender que, ao menos nisto, eles não são os protagonistas?
" mas se você falar de forma agressiva, você não conseguirá adeptos à sua causa"

R: convido os brancos que me apóiam a dar um brinde aos meus adeptos que me apóiam em meu discurso "agressivo" risos. De qualquer forma, deixo claro que não busco aqui apoio de ninguém, a não ser dos meus irmãos pretos os quais me fortalecem e busco tb fortalecer. Ubuntu! Emoticon heart
Resumo da ópera: a grande dificuldade dos brancos brasileiros é que eles juram de pés juntos que não são racistas, mesmo sabendo que são. E quando aprece alguém que não finge de cego, eles se ofendem e se defendem se dizendo ofendidos com a acusação, ainda que verdadeira.
Resumo da ópera 2: não estou nem um pouco preocupada com a opinião de pessoas brancas sobre o que escrevo. Se não gostar, pode sair que nem vou ficar com raiva. Eu imagino o quanto é difícil ouvir verdades sem filtros sobre aquilo que a gente acha que esconde bem.
Resumo da ópera 3: eu morro de rir quando me chamam de racista! Faço idéia de como eu oprimo pessoas brancas. Imagino que elas até desejam terem nascido negras, quando os oprimo... Rsrs.
Já dizia Renato Russo: "a verdade é o que assombra e o descaso o que condena ".
Beijos da "preta agressiva" rsrsrs.

Sheilla

Um comentário:

  1. Wall simplesmente wall , Sheilla Antão X , o texto todo cheio de paixão e convicção , sem medo de bater de frente *-* <3

    ResponderExcluir

Instagram