13º Ensaio Oficina do Bloco Angola Janga

Pense num clima de carnaval! :-/
Quem me conhece, sabe o quanto sempre detestei carnaval, desde criança. Nunca achei graça nas marchinhas e suas letras [ao meu ver] na maioria estúpidas e vazias.

Detestava, quando criança e adolescente, aquelas festas intermináveis no clube...

Quando me tornei jovem, aprendi que eu podia viajar com amigos para lugares isolados de bagunça. E passei bons anos indo para cachoeiras próximas à minha cidade. Muito bom! Passei a gostar muito de carnaval, pois era um feriadão alongado para poder passar um tempo bom no meio do mato...

E permaneci com esta mentalidade até este ano, 2016, quando uma querida amiga me convidou para participar do 13º Ensaio Oficina do Bloco Angola Janga.

Não que eu tenha passado a gostar de carnaval, confetes, fantasias, dancinhas e tudo mais. Mas porque senti vontade de estar mais próxima dos pretos e pretas de BH. E cada evento é uma oportunidade desta aproximação. Seja em Festival Quilombola, Forças Trançadas, Lançamento de Revista, Caminhada Crespa ou qualquer outro tipo de evento. São variáveis, com sabores e cores diferentes do mesmo tema: "cultura negra e eu me encontrando dentro dela".

Estranhamente estou pensando em ir ao ensaio, que acontecerá hoje. Não vou tocar (não sei), não vou sambar (não sei também...), irei para abraçar os meus, para conversar, para estar dentro de um grupo ao qual pertenço e o qual passou a pertencer a mim. Vou em respeito À cultura do povo preto. Uma cultura tão rica e tão diversa que ainda estou correndo atrás para conhecer melhor...

E de repente, o carnaval e seus blocos passaram a ter um novo sentido e significado para mim.

Um agradecimento especial à blogueira negra de BH, Nayara Garófalo, do blog TW-Preta!, que me trouxe este convite.

Sheilla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram